O espaço entre dois tempos

Li esse artigo no site Casa do Galo, é uma “reunião” de comunicólogos que sempre traz assuntos interessantes, como este: O espaço entre dois tempos Tá difícil desacelerar. Nunca vivenciamos tanto a frase… Continuar lendo

Sou

Sou fala, tenho necessidade da palavra. A necessidade é da palavra falada. Mas, a fala precisa ser ouvida e você não quer. Nesse momento sou então martírio. Agonia interna de ter muito pra… Continuar lendo

VIVER DESPENTEADA

Hoje aprendi que é preciso deixar que a vida te despenteie, por isso decidi aproveitar a vida com mais intensidade… O mundo é louco, definitivamente louco… O que é gostoso, engorda. O que… Continuar lendo

<3

“Amor nenhum me fará amarrar um avental em torno da cintura e encarar uma cozinha.” (Divã – Martha Medeiros) A não ser o amor por mim mesma… esse me faz capaz de coisas… Continuar lendo

Se ache em algum…

Para meus amigos que estão…SOLTEIROS O amor é como uma borboleta. Por mais que tente pegá-la, ela fugirá. Mas quando menos esperar, ela está ali do seu lado. O amor pode te fazer… Continuar lendo

Pinga, papos, petiscos & Paradiso

Tudo começa no bar…. O Claudio – hermano pra mim, Mil para Blog – , que, por vezes, da honra da sua graça, aqui, no pitadascotidianas, engatou uma conversa sobre o Cine Paradiso.… Continuar lendo

Sonho de uma flauta…

Nem toda palavra é aquilo que o dicionário diz Nem todo pedaço de pedra Se parece com tijolo ou com pedra de giz Avião parece passarinho que não sabe bater asa Passarinho voando… Continuar lendo

Não dançando conforme a música.

Quando falamos de transgressão, nos vem à cabeça coisas ilícitas, como usar drogas ou estacionar em local proibido. Transgredir não significa apenas violar a lei, mas ultrapassar as barreiras que nós mesmos nos… Continuar lendo

Sumi…

Sumi porque só faço besteira em sua presença, fico mudo quando deveria verbalizar, digo um absurdo atrás do outro quando melhor seria silenciar, faço brincadeiras de mau gosto e sofro antes, durante e… Continuar lendo

Pra ti e para mim…

1º De Julho (Renato Russo) Eu vejo que aprendi O quanto te ensinei E nos teus braços que ele vai saber Não há por que voltar Não penso em te seguir Não quero… Continuar lendo